Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
A Chegada de Um Comboio à Cidade

A Chegada de Um Comboio à Cidade

Teatro & Arte | Teatro

Teatro Carlos Alberto

Sala Principal
Classificação Etária
A classificar pela CCE
Bilhete Pago
Todas as Idades
2018
jul
19
a
2018
jul
22

Próxima Sessão

19 jul 2018 21:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

60 minutos

Promotor

Teatro Nacional São João E.P.E.

Breve Introdução

Um clássico, dizem, é um texto que ainda não acabou de dizer o que tem a dizer. É uma espécie de conversa inacabada, como aquela que o dramaturgo e encenador Luís Mestre tem mantido com algumas obras do repertório dramático universal, de que são exemplo Agora Sou Medeia (2010) e Do Precipício Tempestuoso de Ricardo III (2013). Depois de Eurípides e de Shakespeare, Luís Mestre olha agora para Quando Nós, os Mortos, Despertarmos (1889), peça de Henrik Ibsen que começa com uma personagem a dizer o indizível: Talvez seja possível ouvir o silêncio. A Chegada de um Comboio à Cidade apropria-se desta obra do dramaturgo norueguês, mas estamos perante uma apropriação livre, longe dos fiordes e dos parques com árvores antigas e frondosas que emolduram o drama de Ibsen. A Chegada de um Comboio à Cidade acontece numa cidade vertical e tecnológica, no interior de um arranha-céus frio e autossuficiente, lugar de onde se avista a opressão, o apagamento e o tédio profundo provocados pela sociedade de produção e multitasking. Para Luís Mestre, o diálogo com os clássicos não é um diálogo cerimonioso com os mortos, mas uma conversa viva com todos aqueles que ainda não acabaram de dizer o que têm a dizer.

Ficha Artística

texto e encenação/written and directed by Luís Mestre

cenografia/set design Ana Gormicho
desenho de luz/lighting design Joana Oliveira
figurinos/costumes Teatro Nova Europa
produção executiva/executive production Patrícia Vale

interpretação/cast Ana Moreira, Sílvia Santos, Tânia Dinis e/and Luís Mestre

Preços

Plateia - 10,00€

Transportes Públicos

Elétricos 18, 22
Autocarros 200, 201, 207, 300, 302, 304, 305, 501, 601, 602, 703, 904
Metro do Porto - Estações Aliados, Bolhão, Trindade, São Bento

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Território

Teatro & Arte | Dança Contemporânea

Mosteiro S. Bento

Claustro